Planejamento e controle da produção: como evitar imprevistos nas indústrias?

Dificilmente um imprevisto não vem acompanhado de uma grande dor de cabeça ou de um prejuízo financeiro. Na área industrial, esses reflexos são potencializados. Por isso, o planejamento e controle da produção são essenciais para preveni-los ou minimizar os seus impactos.

Mas isso não é fácil. A rotina de uma indústria é extremamente complexa e interligada. Basta uma máquina parar aqui, para a logística ser atingida logo ali. Ou seja, qualquer imprevisto altera a produtividade de toda a fábrica. Neste artigo, confira o que fazer para evitá-los por meio do planejamento e controle da produção.

Monte um plano de ação

O planejamento é o segredo para tomar as decisões corretas em um momento de pressão. Por isso, quando os imprevistos acontecem, nada melhor do que saber exatamente o que fazer. Mas isso deve ser visto e revisto antes de os problemas ocorrerem.

Por exemplo, se sua linha de produção depende muito de energia ou de uma determinada máquina, você precisa planejar o que fazer caso fique sem um deles. Uma paralisação custa caro e é preciso ter direcionamento para realocar equipes ou direcioná-las para outras atividades.

Entretanto, tudo isso deve ser traçado antes de acontecer o inesperado, pois os maiores erros nas linhas de produção industriais são aqueles tomados no calor do conflito, durante a ocorrência de incidentes.

Priorize a manutenção

A mesma política preventiva serve para a manutenção das máquinas. Não deixe que as mesmas quebrem para buscar por reparos. Um bom planejamento e controle da produção mantém um cronograma rígido sobre a conservação dos equipamentos, que inclui a manutenção preventiva.

O que acontece muitas vezes é que alguns gestores acham dispendioso realizar revisões periódicas. Se você é um deles, saiba que acompanhar o funcionamento das máquinas antes de elas quebrem sai mais barato do que esperar por defeitos.

O preço de uma peça, muitas vezes, custa muito mais do que a visita de um profissional ou a avaliação de um colaborador interno. Pense nisso.

Não busque culpados

Mesmo com um plano de ação traçado e as manutenções das máquinas em dia, ainda podem ocorrer imprevistos. E, diante de um, é importante que o gestor não fique buscando culpados ou responsáveis pelo prejuízo ou acidente.

Nesses momentos, tudo o que você menos precisa é de um ambiente hostil e de uma caça às bruxas. Lembre-se que o clima organizacional é muito importante em momentos de dificuldade e que a equipe precisa ficar unida para solucionar o problema.

Porém, nada impede que depois que tudo volte a funcionar busque-se as respostas para o ocorrido. Isso vai revelar as falhas dos processos e ajudar a evitar uma nova ocorrência.

Saiba ouvir e comunicar

Dificilmente um imprevisto é realmente uma surpresa. Muitos dos incidentes ou falhas nos processos industriais já foram de certa forma previstos por alguém. Eles até poderiam ter sido evitados se o gestor desse mais ouvidos para o que os especialistas alertam ou o que seus colaboradores anunciam.

Logo, estar atento às sugestões e críticas é uma forma eficaz de evitar desperdícios, pois um líder deve saber o momento de aprender também. Por conseguinte, o planejamento e controle da produção funcionam melhor quando a comunicação é a uma via de mão-dupla, onde gestores e funcionários podem falar e ouvir.

Mantenha um relatório de riscos e ocorrências

Liste os principais riscos envolvendo as atividades da sua indústria. Isso ajuda a ter em mente os principais imprevistos que podem acontecer e os prejuízos que eles podem vir a causar, respectivamente. Essa lista tem que fazer parte da sua rotina profissional e ser fundamentada em bastante realismo para que todas as situações possam ser pensadas antecipadamente.

Outro item que não pode falar na sua lista é o registro das ocorrências. Toda vez que um imprevisto acontecer, ele deve ser notificado para o controle interno e também para fiscalizações oficiais.

Incentive as boas práticas

As boas práticas dentro de uma indústria são determinantes para a redução de imprevistos. Uma empresa que leva a sério a segurança no ambiente de trabalho, por exemplo, tem menos chances de vivenciar um acidente grave.

O uso correto das máquinas também é primordial para o aumento de tempo da vida útil dela e para evitar paralisações desnecessárias. Por isso, o incentivo ao correto manuseio e uso dos equipamentos, faz com que os resultados sejam melhores.

Se for preciso, tenha um manual das boas práticas e o distribua, de forma que ninguém possa alegar que não foi orientado.

Treine os funcionários

Os funcionários devem saber tanto quanto você como agir em casos de imprevistos. Para isso, treine as equipes e simule situações inesperadas.

Todos precisam saber como reagir caso algum acidente venha a acontecer ou uma linha de produção venha a parar. É fundamental contar com o auxílio dos colaboradores para que as soluções sejam tomadas assertivamente.

Monitore suas linhas

Ter informações atualizadas e em tempo real são fundamentais para minimizar as paradas e consequentemente melhorar os resultados da sua empresa. Algumas ferramentas, como o EPM da Oransys pode monitorar em tempo real as linhas de produção e avisar de qualquer item que estiver fora do planejamento, dentre eles: Produção abaixo do esperado, OEE fora da meta, equipamento parado por mais de 30 minutos, etc.

Entre em contato e saiba como podemos ajudar você a alcançar desempenho de classe mundial, aplicando o pensamento enxuto combinado com tecnologia inovadora para conduzir à excelência operacional